Há duas semanas fui chamado pelo diretor de marketing da Fábrica para uma conversa. Ele explicou que ia ter uma reforma no blog e perguntou se não toparia escrever e ter uma coluna.

Nunca tinha pensando em ser um colunista. Me chamo Hugo, tenho 28 anos e sou empreendedor. Atualmente passo mais tempo na Fábrica de Aplicativos do que em casa, sendo responsável pelas finanças e negócios da empresa. Será que uma coluna no blog não ia me tomar um tempo significativo e atrapalhar minhas outras responsabilidades?

Bom, se está lendo já sabe que eu topei o desafio e decidi trabalhar um pouco mais, né?
O porquê é bem simples. Todos os dias são criados 750 apps em média na Fábrica de Aplicativos e eu acompanho alguns apps do seu nascimento até eles alcançarem dezenas, senão centenas de milhares de downloads. São apps de educação, apps de religião, apps de negócios, apps de feiras e eventos, apps de RH de empresas, apps institucionais, apps de pizzarias e quero compartilhar esse conhecimento com todos vocês.

Bom, vamos lá. Para inaugurar minha coluna decidi escrever sobre aplicativos na Educação e em Escolas. Separei 6 maneiras que educadores, alunos, professores e colaboradores de escolas e organizações educacionais usam aplicativos para impulsionar e melhorar o processo de ensino e nível da educação no Brasil com aplicativos feitos com a nossa tecnologia.

1- App institucional da escola ou da instituição de ensino

Fundada em 1919 nos Estados Unidos, a Junior Achievement é uma das maiores e mais antigas organizações de educação prática em negócios. A sua unidade de Sergipe, aqui no Brasil, criou um aplicativo com informações institucionais, agenda de atividades e últimas notícias para que seus alunos, professores e todos os outros interessados consigam acessar rapidamente tudo que está acontecendo. Além disso, o design do app ficou sensacional. Faça o download no Google Play ou acesse o webapp.

2 – Aplicativo com conteúdo a vontade!

Esse é o preferido dos professores e educadores! Finalmente chegou a hora de ganhar a briga com os smartphones e começar a usar a tecnologia ao seu favor.

Você pode utilizar o app para compartilhar conteúdo das aulas e também material complementar. Podem ser textos, áudios e até mesmo vídeos. O app Ligado no Enem é um dos melhores exemplos da Fábrica e já teve mais de 2 milhões de acessos desde que foi criado.

No caso eles utilizaram as funcionalidades “Grupo de Abas” e “Canal do Youtube”.

3 – Sistema da escola na palma da sua mão!

Sua escola possui um sistema para os alunos e pais consultarem informações? Ela é acessada na internet? Nossa plataforma tem uma funcionalidade chamada “Página Web”. Nela você pode integrar qualquer página da web que seja responsiva para dispositivos móveis.

Baixe a versão do app do Colégio Luciano Feijão para iPhone ou web.

4 – Avisos e alertas importantes

Uma da ferramentas mais poderosas dos aplicativos é a notificação push. Com ela você pode alertar todos que tiverem o app instalado com uma mensagem. Se você quer se comunicar diretamente e em larga escala, o push é perfeito.

Ele pode alertar de datas importantes, de atualizações de conteúdo, notícias relevantes e com isso atrair novamente o usuário para acessar o aplicativo.

5 – Fomente e ajude a comunidade!

Este é um caso fantástico que ocorreu no colégio Bandeirantes, de São Paulo. Um grupo de alunos do ensino médio, com a ajuda do Alexandre Sayad, do Media Education Lab, criou um app para ajudar todos os novos alunos do colégio no seu ingresso.

São informações que vão desde onde comer por perto do colégio até mesmo como calcular a média! Com isto eles vão poder ajudar os 1000 alunos que entram anualmente. Acesse a versão webapp aqui.

6 – Chega de trabalhos chatos!

Este foi um caso que eu descobri logo que cheguei na Fábrica. Uma turma do nono ano do colégio I. L. Peretz, em São Paulo, fez um aplicativo sobre a ditadura militar brasileira. Foi uma iniciativa da professora que já conhecia a Fábrica de Aplicativos, e provocou os alunos a criarem um app sobre a ditadura.

A turma foi separada em grupos, onde cada grupo faria seu próprio app. No final pegaram o melhor de cada app e fizeram o app Ditadura na Memória.

 

Gostaram? Espero que sim. O mais interessante é que a cada dia surgem novas ideias e inovações com o uso de apps na educação. Estes são os principais que vi até hoje e foi um prazer compartilhar com todos vocês estas iniciativas.

Espero ter inspirado muitos leitores e já deixo aqui o próximo assunto que vou tratar no blog: Apps religiosos. Como líderes religiosos tem usado apps para fomentar a fé em suas comunidades!
Até breve.

Hugo Yang

 

Author

16 Comments

  1. Rodrigo Zani Reply

    Sou professor de uma unidade do Colégio Santa Marcelina – RJ e desenvolvi o App do colégio onde tem interação total do aluno e professor e até mesmo funcionários.
    Segue o link
    applink.com.br/csmrio

    • Hugo Yang Reply

      Olá Rodrigo.

      Vi o aplicativo, que bom que o Santa Marcelina tem o app. Você já pensou em colocar o link do Portal do Professor e do Rh na página web?

      Depois, acredito que para melhor experiência do usuário seria bom publicar o app nas lojas do Google e Apple!

      Sucesso!
      Hugo Yang

      • Olá Hugo.
        Tentei colocar, porém não consigo uma visualização para movimentar a tela nessa opção, inviabilizando abrir a aba no próprio app.

        Se tiver uma solução me avise.
        Abraço

        • Hugo Yang Reply

          Olá Rodrigo!

          Acredito que no caso a página não seja responsiva, ou seja, não é otimizada para telas de dispositivos móveis, como smartphones e tablets. Na funcionalidade “Página Web”, o ideal é que a página seja responsiva. Espero ter te ajudado.

    • Parabéns Rodrigo. Gostei e queria tirar algumas dúvidas contigo… Me passa seu email?

  2. Muito boa a Coluna parabéns! Gostaria de deixar uma sugestão: se depois de uma explicação tão boa como essa , seria bom mostrar no passo a passo como nós poderíamos fazer para ganhar clientes,aceitação e dinheiro fabricando esse app que tal?

    • Hugo Yang Reply

      Ademir, obrigado pelo elogio!

      Ótima sugestão. Olha, pelo que conheço, o mercado de escolas e centros educacionais tem um perfil diferente de penetração, ou seja, o ciclo de venda é um pouco mais demorado. Primeiro por conta da agenda, pois normalmente as decisões de compras e investimentos são tomadas no começo do ano letivo ou na metade. Segundo, pois se trata de educação e arriscar não é algo que este mercado está acostumado.

      Acredito que para fazer a venda deste perfil de app, você deve gerar o maior senso de confiança com a instituição, se mostrando presente e capaz de entregar um app que seja usado por todos os interessados. Além disso, um exemplo ou um protótipo sempre ajuda na hora de mostrar o produto.

      Espero que tenha te ajudado!

  3. Olá boa tarde.
    Uma dúvida. Se eu fizer um aplicativo para transportadora, tem como eu deixar sem anúncios???

    Obrigado!

    • Hugo Yang Reply

      Olá Diego, boa tarde.

      Sim, tem como deixar sem anúncios. Para retirar o anúncio do app e também adquirir outros recursos, basta você realizar a assinatura de um dos planos.

      Para tirar mais dúvidas sobre a plataforma, a melhor maneira é enviar um e-mail para suporte@fabricadeaplicativos.com.br.

      Obrigado por ler o blog!
      Hugo

  4. Achei muito interessante o aplicativo Santa Marcelina. Desenvolvi o aplicativo da SEMED – Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande/MS, dentro da plataforma gratuita e estou a cada dia reformulando as idéias. A secretária de educação do município gostou e apresentou a autoridades da capital que gostaram muito da ideia.
    Estou verificando os conteúdos da Secretaria para adaptação dentro do aplicativo e a expectativa de superintendentes administrativos e professores e muito boa.

    Segue abaixo o app:

    https://app.vc/semedapp

  5. Gostei da coluna e também criei um app para interação com os alunos da Faculdade onde dou aula. Segue o link. app.vc/parriul

    • Hugo Yang Reply

      Jair, obrigado por comentar. Entrei no app e achei bem interessante o conteúdo! Vou usar também, pode? =)

  6. Olá Hugo,
    Estou aprendendo a montar um app aqui e estou com dificuldade de achar uma funcionalidade que permita o aluno a enviar respostas discursivas. Só consigo gerar os textos com questões mas não vejo espaço para respostas. Pode me ajudar?
    Obrigado

    • Hugo Yang Reply

      Olá Osmar,
      Obrigado por comentar no blog. Sim, posso te ajudar. Você já pensou em utilizar ferramentas de formulários para receber as respostas? Nelas você pode inserir as perguntas e destinar a resposta para o seu e-mail. Sugiro o Formulários Google, porque é grátis e simples de usar. Depois de fazer o formulário, insira o link de compartilhamento na funcionalidade “Página Web”. Não se esqueça de coletar os dados dos alunos no formulário!

  7. Boa noite Hugo, sou Apper e estou desenvolvendo um app para comunidades, a monetização viria de patrocinadores, pensei em inserir o banner da fábrica, mas ele é fixo, ou seja só para 1 propaganda, então minha sugestão para vocês, é desenvolver um banner rotativo (igual os usados em sites) para aumentar os recursos de propaganda. Caso você tenha algum feedback para mim fico grato.

    • Hugo Yang Reply

      Olá Sergio. Obrigado pela sugestão, ela é bem válida. Algo que você também pode oferecer aos patrocinadores seria a tela inicial e depois, quando seu app já tiver muitos usuários, pode até comercializar as notificações push. Eu gostei bastante do design e da proposta do seu app. Estamos passando por um momento econômico difícil, assim o seu app gera um interesse e valor muito grande aos potenciais usuários. =)

Escreva um Comentário